UNISUAM estimula alunos para além da sala de aula com foco no mercado de trabalho

Avatar

O que é ser uma instituição de ensino superior inovadora? Trazer tecnologias para sala de aula, engajar alunos e professores em uma nova metodologia? Ou transformar a realidade de pessoas através da aprendizagem? A UNISUAM consegue unir tecnologia, engajamento, metodologias ativas e principalmente, consegue mudar realidades dentro da comunidade que está inserida.

O foco da Unisuam na carreira dos estudantes

Primeiramente, é fácil entender o por que desta inovação toda quando se ouve do próprio reitor da IES, Arapuan Motta Netto, que o melhor professor é aquele que chega para dar aula com a camisa amassada de um dia inteiro de trabalho. É esta noção de mercado de trabalho com humanização que a instituição tem apostado junto com a Symplicity.

A UNISUAM criou um núcleo de carreiras e a partir desta iniciativa começou a dar todo o suporte necessário ao aluno e egresso. Eles priorizam que estes futuros e já profissionais sejam vocacionados para que aproveitem as melhores oportunidades do mercado. “Nossa missão vai muito além da sala de aula. Ela perpassa a formação de um cidadão ético, preparado para os desafios e que acredite no poder da educação para transformar a sua vida e da sociedade ao seu redor”, explica Arapuan.

O projeto “Voe Alto” da Unisuam

Dentro da instituição, o projeto da Symplicity se chama Voe AltoO portal recebeu já nos dois primeiros meses de sua implantação 2.473 acessos. Ainda, contou com mais de 60 oportunidades exclusivas. Teve, também, mais de 1.000 interessados nas vagas e em cadastro de currículo e atingiu a marca de 65 novas empresas parceiras. Para escalar ainda mais o uso da plataforma, o UNISUAM Carreiras está com uma série de ações para 2019. Elas visam mostrar a importância de contar com o apoio da ferramenta na busca pelo tão sonhado emprego e experiência de mercado.

Unisuam

Bianca Cristo Leal conseguiu um estágio por causa da plataforma. Foto: Unisuam

Com a experiência do ano anterior, vários alunos foram empregados através da plataforma. Bianca Cristo Leal é uma das estudantes que conseguiu uma oportunidade e agora está estagiando em sua área de atuação, na Gestão de Recursos Humanos. Em resumo, ela cadastrou seus dados na plataforma após procurar por muito tempo de maneira independente por um estágio. Ela encontrou uma vaga no CSM Symplicity e se candidatou. Há um mês está empregada e em breve se forma na UNISUAM. “Estou gostando muito, era exatamente o que eu estava buscando”, conta a jovem de 23 anos.

Como engajar alunos

O público da UNISUAM é, sobretudo, trabalhador. Ele inicia seus estudos sempre com foco em transformar sua vida por meio da educação e mercado de trabalho. Assim, a principal estratégia da área de carreiras está, justamente, em criar parcerias com diversas empresas. Eles buscam cada vez mais, inserir o aluno no ambiente de trabalho. Orientando e divulgando vagas de emprego, estágio e trainee, muitas vezes exclusivas para o público da instituição. Existe, ainda, uma consultoria e orientação de carreiras, fazendo entrevistas de emprego. Ela ajuda na construção de um perfil no LinkedIn e auxiliando na elaboração de um currículo que se diferencie nos RH’s.

Os alunos ainda têm, por exemplo, encontros para mentoria com profissionais do mercado. Também contam com coaching e palestras com especialistas em todas as áreas conhecimento. Assim, eles vão muito além da sala de aula. “O compromisso da Universidade não está somente em ensinar. Mas em desenvolver no aluno, as competências necessárias para que ele consiga aproveitar as melhores oportunidades do mercado”, afirma Arapuan.

A participação dos professores no projeto

Os professores da UNISUAM também foram preparados para tornarem-se gestores de carreira do aluno. Eles dão suporte ao estudante em qualquer fase do ciclo de vida de sua formação. O objetivo é que, com sua experiência, possam agregar valor na construção da profissão dos alunos e egressos.

Unisuam

Jorge Gomes é um dos coordenadores engajados em empregabilidade na instituição. Foto: Unisuam

O coordenador do curso de psicologia, Jorge Gomes Sobrinho conta que o engajamento dos professores é essencial para os alunos se interessarem por empregabilidade. O corpo docente costuma compartilhar inclusive em suas redes sociais pessoais vagas para os alunos, seja de estágio ou emprego. O fechamento das vagas também é divulgado, o que motiva os alunos a buscarem oportunidades, por saberem que a busca dará resultados.

No começo de 2018 o coordenador e a professora de uma disciplina específica se engajaram para conseguir vagas para seus alunos. Na disciplina de técnicas de entrevista, a professora treinou os alunos em sala de aula para um processo seletivo que vários estudantes haviam se inscrito. Foram trabalhadas em sala de aula as técnicas de entrevista. Como resultado duas alunas desta disciplina foram contratadas naquele processo seletivo. Pesquisas internas mostram que este engajamento agrada os alunos e gera resultado nas vagas.

O envolvimento de diferentes áreas

Eventos focados em aproximar os alunos do mercado de trabalho também são realizados na instituição. Jorge conta que são duas as frentes que trabalha nestes eventos. São elas profissionais de grandes empresas e egressos com histórias de sucesso. “São formas dos estudantes conhecerem a trajetória destes profissionais, se inspirarem, se engajarem em seguir os passos destas pessoas”, afirma. Workshops também são ofertados e um dos que mais anima o coordenador é o sobre Linkedin.

Por fim, com um formato inovador, o setor de Carreiras está no coração da Vice-Reitoria de Gente e Gestão da UNISUAM. Ele carrega a marca de “RH do Aluno”. A Área de Gente e Gestão é liderada pela Coach e Especialista em Recursos Humanos, Edna de Oliveira. Ela focou em um modelo de “estreitamento de laços”, que ajudou a encurtar o caminho entre o mercado e a academia. Assim, é possível trazer para dentro dos planos de Ensino o que o mercado de trabalho realmente procura em um profissional moderno. Por fim, a área também é responsável pelos estágios curriculares e voluntários. Nos últimos 2 anos, houve um considerável aumento na procura dos alunos interessados e melhor preparados para ocuparem as vagas.

Baixe nosso eBook :: “Empregabilidade: 5 motivos para considerá-la um diferencial estratégico da sua IES” e entenda porque sua Instituição precisa investir em estratégias de empregabilidade e como a Simplicity pode ajudar.

Deixe um Comentário